O violino é o instrumento de menor tamanho e também o mais agudo da família das cordas friccionadas, que compreende também a viola, o violoncelo e o contrabaixo. Suas origens remontam ao século IX, quando surgiram seus antepassados, os primeiros instrumentos de corda tangidos por um arco. Depois de séculos de evolução e aprimoramento, o violino chega praticamente à sua forma atual no século XVII, sobretudo nas mãos dos luthiers mais renomados da história: Amati, Stradivari e Guarneri. O repertório deste instrumento é vasto e variado, passando pela música barroca até a contemporânea, além de marcar presença na música folclórica de diversas culturas. É um dos instrumentos mais importantes da história da música ocidental e compõe o naipe mais numeroso da orquestra. Possui uma sonoridade marcante que é perfeita para executar linhas melódicas, além da agilidade para passagens muito rápidas.